sábado, 21 de março de 2009

DIA INTERNACIONAL DA SINDROME DE DOWN

Bem como alguns de vocês sabem, sou mãe de uma criança com Sindrome de Down, por isso, "essa" é uma "bandeira" que levanto com orgulho.
Segue materia retirada daqui: http://sentidos.uol.com.br/canais/materia.asp?codpag=9898&canal=ligado para que vocês possam entender "o que é" a Sindrome de Down.
Hoje, 21 de março, é o Dia Internacional da Síndrome de Down.
A data foi escolhida pela Associação Internacional Down Syndrome International, em alusão aos três cromossomos no par de número 21 (21/3) que as pessoas com síndrome de Down possuem.
A síndrome de Down não é um defeito nem uma doença. É uma ocorrência genética natural, que no Brasil acontece em 1 a cada 700 nascimentos e está presente em todas as raças. Por motivos ainda esconhecidos, durante a gestação as células do embrião são formadas com 47 cromossomos no lugar dos 46 que se formam normalmente.
O material genético em excesso (localizado no par de número 21) altera o desenvolvimento regular da criança. Os efeitos do material extra variam enormemente de indivíduo para indivíduo, mas pode-se dizer que as principais características são os olhinhos puxados, o bebê ser mais molinho, e o desenvolvimento em geral se dar em um ritmo mais lento.
Com apoio para seu desenvolvimento e a inclusão em todas as esferas da sociedade, as pessoas com síndrome de Down têm rompido muitas barreiras. Em todo o mundo, e também aqui no Brasil, há pessoas com síndrome de Down estudando, trabalhando, vivendo sozinhas, escrevendo livros, se casando e até chegando à universidade.
E é por isso que HOJE temos que comemorar, assim como o dia internacional da mulher, essa é uma data importante, uma data que QUEBRA BARREIRAS, barreiras como a do preconceito, da intolerância e da IGNORANCIA.
Ninguém é igual a ninguém e é ai que está a graça do mundo.
AMO MINHAS FILHAS COM OU SEM SINDROME DE DOWN e pode ter certeza que sou muito feliz por elas serem minhas filhas :)
Hoje vou até postar uma fotinho delas (coisa que não consumo fazer aqui, mas a data merece) e em um dos lugares mais bem ilustrativos da verdadeira inclusão "A SALA DE AULA".
Beijos e vamos divulgar a BANDEIRA DA INCLUSÃO.
Brigaduuuuuuu pela visita.
Gi.

5 comentários:

Anônimo disse...

Gi, PARABÉNS.....PARABÉNS...PARABÉNS...
Falo com propriedade , sou portadora de EM , já com algumas sequelas e sei o que voce fala quanto a preconceitos e diferenças.
Este ANJO que voce ganhou é um presente que poucos sabem avaliar a capacidade , a inteligencia, e o carinho que são capazes de depositar ao próximo. São muito mais responsáveis que muitos de nós, ditos "normais", que de normal pouco temos ...

Moro próximo ao CEO aqui em Brasília, todas as manhãs passam pela minha janela um grupo de ANJOS que me chamam de tia, acompanhados de seus moitores , fazendo a cminhada matutina ...
Deus te abençoe, e que jamais em tempo algum estes ANJOS precisem de uma data para lutar pelos seus direitos.
Todas manhãs, todos os dias , também são deles ...
Um beijo especial para voce mamãe guerreira, e dois belos e amados para estas princesas que Deus enviou para voce cuidar ...
Carinho e respeito sempre,
Dênia

Ah, cheguei no seu blog através da Angela, do Artetotal ...
Parabéns , também pelo seu dom manual ..

Narinha disse...

Lindas as suas meninas!!! Parabéns!!! Tenham uma linda semana!!!!

Vânia Dias disse...

Oi Gi
O que importa é seu verdadeiro amor..o amor de MAE!!!
bjssssss
Vânia

Cida Crochêt disse...

olá querida!!!
cheguei atrasada mas,sua matéria
parabéns pela matéria,
você é uma pessoa abençoada por ter o previlégio de ter esse ser tão especial
quero aproveitar e te sugerir um filme maravilhoso
{ o oitavo dia }
fique com DEUS querida
tia cida que te ama

Solange disse...

Oi Gi, parabens pelas gracinhas que voce tem. Para o coração de uma mãe, não importa se um filho é alto, gordo, bonito, feio, bom ou ruim, o amor é incondicional. Não sei qual é a tua religião, mas na minha aprendemos que todos que estão a nossa volta, estão por um motivo muito especial, é sempre um aprendizado mútuo. Com nossos filhos,geralmente mais aprendemos do que ensinamos. Um grande beijo para voce
Solange